PERISCÓPIO 14: Entraves nos caminhos das ferrovias (*)

  Frederico Bussinger Há dúvidas que ferrovias são, em geral, energeticamente eficientes, ambientalmente amigáveis e economicamente vantajosas? Por que, então, após o salto provocado pelas concessões dos anos 90, elas patinam? Por que tantas obras metro-ferroviárias paralisadas de norte a sul do País? Por que cronogramas postergados e orçamentos com baixa execução? Usando bordão habitual: […]


PERISCÓPIO 13: Privatização portuária “à vera”!

  Frederico Bussinger O tema estará em debate essa noite na Câmara Municipal de Santos. Ainda que definida a pauta, inevitável que seja ampliada: o BNDES vem de abrir licitação para modelagem da privatização (desestatização, pela lei do PND) da CODESA; processo apresentado pelo Ministério da Infraestrutura como “piloto” para outras administrações portuárias. As propostas (Pregão Eletrônico nº 12/2019 […]


PERISCÓPIO 12: “Privatizar ou descentralizar; é mesmo a questão?”

  Frederico Bussinger   “Privatizar ou descentralizar?”; indaga já no título o Ver. Bruno Orlandi (AT – 7/MAR). Oportuno e didático, o artigo do presidente de comissão da Câmara Santista, que trata do tema, merece reflexões e estimula debate. De início, dois alinhamentos: i) Como desde a virada do século quase 100% das operações portuárias […]


A Vitimização das Mulheres no Brasil – 2ª Edição

Lamentavelmente, apesar de maior conscientização da sociedade e dos esforços empreendidos, a violência contra a mulher se mantém estável e crônica. Estes elevados índices revelam que as leis, por si só, não têm o poder de transformar a realidade. Enfrentar a violência contra a mulher exige romper muitas barreiras e, principalmente, rever os conceitos nocivos […]


PERISCÓPIO 11: “A Santos-Guarujá também como laboratório”

  Frederico Bussinger   Difícil listar-se todas as ideias para travessia seca do Estuário. A mais antiga é da antevéspera da “Grande Depressão” (1929). Na época, cerca de 3Mt/ano passavam pelo Porto (hoje 133Mt), a população santista era de 150mil (hoje 1,8M na RM), e 270 mil pessoas/ano cruzavam o Estuário. A euforia modernista e […]


PERISCÓPIO 10: “Antes de mais nada, que tal organizar a pauta portuária?”

  Frederico Bussinger “Do sincrético, pelo analítico, ao sintético” (Nicéa – minha mãe) Notícias não faltam! Difícil é nesse 2019 seguir o clipping do “Complexo Portuário da Baixada Santista”: descentralização/regionalização; privatização da dragagem e/ou da CODESP; renovações de arrendamentos; preservação das conquistas trabalhistas; estivadores com vínculo empregatício; solução dos passivos da CODESP (trabalhista, tributário, INSS […]


PERISCÓPIO 09: “Sublata causa, tollitur effectus”

  Frederico Bussinger   “Nós somos o que fazemos. Mas, principalmente, o que fazemos para deixar de ser o que somos” (Eduardo Galeano) “Como o clube construiu alojamento provisório, se não consta do projeto; se não tinha autorização?”; indaga um repórter, arrematando: “A prefeitura não fiscaliza?” Outro engata: “Sem alvará de funcionamento, como o contêiner […]


PERISCÓPIO 08: “Planos demais; planejamento de menos”

  Frederico Bussinger “Planejamento estratégico é inútil, se não tiver sido precedido de uma visão estratégica’’ [Jonh Naisbitt] “Planos são apenas boas intenções, a menos que se transformem, de imediato, em trabalho duro’’ [Peter Drucker] “O plano era ótimo; pena que a verba acabou”. “Não foi adiante porque faltou vontade política”. Já ouviu explicações desse […]


PERISCÓPIO 07: “Riscos”

    Frederico Bussinger “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes” [Albert Einstein] “Você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida, ou como resultado que aponta nova direção” [Steve Jobs] “Viver é perigoso. Muito perigoso!” [Guimarães Rosa]   Sim! Preces por consolo; e solidariedade a familiares e […]


PERISCÓPIO 06: “Privatização de portos?”

  Frederico Bussinger “Todos têm direito à sua própria opinião; mas não aos seus próprios fatos” [Daniel Moynihan – Senador americano] “O olho do dono engorda o gado” [Ditado popular] A ideia/proposta surge sazonalmente; sempre uma solução para todos os males portuários. Desta vez, pegando carona na diretriz geral de “privatizar tudo que for possível”, […]