Ferrovias: agora vai?

Frederico Bussinger. Em termos estritamente formais, o objeto ora sendo regulado não chega a ser uma inovação: o art. 21, XII, d, da CF, já prevê “autorização” como instrumento para exploração indireta dos “serviços de transporte ferroviário e aquaviário entre portos brasileiros e fronteiras nacionais, ou que transponham os limites de Estado ou Território”. Na prátic




CENTRO ARTESANAL DE SANTARÉM-PA

O IDELT contribui, com suas atividades, a sustentabilidade ambiental. As atividades realizadas no Pará, traz muitas riquezas em conhecimentos artesanais.
Em Santarém, destaca-se o Centro de Artesanato Cristo Rei, seus artesanatos dos indígenas tapajós […]



Maio Amarelo – Campanha IDELT 2018

A Campanha 2018 mobilizou toda a sociedade, envolvendo diversos segmentos: governos, empresas, associações, entidades de classe e sociedade civil em diversas ações e discussões no país […]


Maio Amarelo 2018 #NÓS SOMOS O TRANSITO

O Movimento Maio Amarelo foi criado em apoio à Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020 proclamada em 2010 pela ONU.
Neste ano de 2018, o tema da Campanha é #NÓS SOMOS O TRÂNSITO! […]



Grãos e minérios gestando ferrovias

Grãos e minérios normalmente são vistos como cargas a serem transportadas. E o são. Mas também podem ser tratados como ativos que, transformados, podem gestar um outro ativo: uma ferrovia; por exemplo. No mínimo como um catalisador.

Ainda que não descritos dessa forma, […]


Projeto Seis e Meia em Debate – 13/11/2017

Comemorando 100.000 livros distribuídos pelo Projeto Semeadores de Livros, o IDELT dedica este Debate à literatura em prosa e verso, aos autores, à leitura e à escrita..