Brasil em Números

Relação entre acidentes rodoviários e infraestrutura

A Confederação Nacional de Transportes – CNT, realizou em 2017 e publicou em 2018, estudo intitulado “Acidentes Rodoviários e a Infraestrutura. Este trabalho inédito correlaciona as condições da infraestrutura rodoviária com a ocorrência e a gravidade dos acidentes. Leva em conta o perfil dos acidentes e a influência das características do pavimento, da sinalização e da geometria da via na frequência e na intensidade dos acidentes.

A Confederação Nacional de Transportes – CNT, realizou em 2017 e publicou em 2018, estudo intitulado “Acidentes Rodoviários e a Infraestrutura”. Este trabalho inédito correlaciona as condições da infraestrutura rodoviária com a ocorrência e a gravidade dos acidentes. Leva em conta o perfil dos acidentes e a influência das características do pavimento, da sinalização e da geometria da via na frequência e na intensidade dos acidentes.Milhares de vidas poderiam ser poupadas se melhores e mais intensos cuidados fossem dados à infraestrutura por onde circula uma frota de aproximadamente 101,5 milhões de veículos de passageiros e cargas. “Somente nas rodovias federais policiadas, no período entre 2007 e 2017, o país registrou 1.652.403 acidentes e 83.481 mortes>”. Diversos são os fatores que causam as ocorrências, contudo o estado das vias e as condições inadequadas de infraestrutura potencializam o número de acidentes com consequente elevação do número de mortos e feridos. A infraestrutura viária, nem de longe, acompanha o vertiginoso crescimento da frota.

A CNT, dentre o rol de conclusões e sugestões sugere algumas medidas preventivas que, se levadas a efeito, podem contribuir para a com a necessária e urgente redução de acidentes, conforme apontado abaixo:

  • Estímulo a meios de transporte mais seguros
  • Melhor capacitação de condutores e pedestres
  • Melhoria do sistema viário e da infraestrutura
  • Estímulo à melhor compreensão da sociedade e das autoridades sobre as consequências dos acidentes
  • Disponibilidade de dados e maior confiabilidade aos existentes.

Vale a leitura da íntegra do Estudo Acidentes Rodoviários e a Infraestrutura que se encontra no link abaixo elaborado e publicado pela Confederação Nacional de transportes em seu site. Não deixe de acessar!

https://www.cnt.org.br/acidentes-rodoviarios-infraestrutura

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone