Oficina de Pipas

Dia 12 de outubro, data em que se comemora o Dia das Crianças, é uma das datas mais esperadas pela criançada.

E para comemorar o IDELT programou algumas atividades por meio do seu Núcleo de Projetos Sociais.

No último dia 14, proporcionou a 47 crianças da Creche Bolha de Sabão, localizado no Brooklin, uma Oficina de Pipas. Sinônimo de divertimento certo, antes de aprenderem a confeccionar suas próprias Pipas, aprenderam que elas foram criadas na China Antiga como instrumentos de sinalização militar e que também foram usadas como símbolo religioso, história contada em riquíssimos detalhes.

Empinar pipas atravessa o tempo e encanta gerações. Um passa tempo que diverte crianças e adultos. Algumas pessoas encaram como simples brinquedo.

Dá a maior satisfação colocar uma Pipa no ar! Outros praticam como esporte.

Tem até alguns campeonatos por aí. Há outras pessoas que fazem da confecção de pipas uma profissão séria e rentável. Como é o caso daqueles que confeccionam os mais variados tipos: pipas, peixinhos e papagaios, como meio de sobrevivência, mantendo a história e a tradição vivíssimas.

Durante a Oficina, todas as crianças e jovens foram orientados a respeito dos riscos de empinar essas estruturas feitas de papel e bambu próximo à redes elétricas ou residências, podendo gerar alguns acidentes sérios. E que, para a diversão ficar ainda maior, teriam que empinar em lugares abertos, campo de futebol ou praças e parques, longe das redes elétricas.

A euforia deles era tamanha que contagiou os demais munitores que participaram da Oficina, principalmente quando eles souberam que iriam confeccionar as suas pipas! Utilizaram papéis de seda de várias cores; cola branca, tesoura, linha, varetas de bambu, material para confeccionar franjas e as famosas “rabiolas”.

O que não faltou foi conhecimento e divertimento! Mesmo estando ainda com restrições por conta da pandemia, todos os cuidados foram tomados quanto a higienização, uso de máscaras, uso de álcool gel, dentre outras medidas sanitárias, para que a festa não perdesse a alegria.

No final da Oficina, a euforia dos pequeninos aumentou ainda mais, ao saberem que cada uma delas, além de levar para casa a pipa que confeccionou, também iriam ganhar uma outra que foi confeccionada por um profissional. Alguns entusiasmados, já saiam perguntando se no ano que vem iriamos fazer outra Oficina.

Da próxima vez, vamos fazer com os mais velhos “raias” e barriletes” grandes, como aquelas Pipas de competições.

Essa criançada não brinca em serviço não; principalmente quando se trata de aprendizagem com divertimento garantido!

Veja a seguir algumas fotos da atividade!

 
Translate »